965670853

© 2018 Monte da Fonte Santa 

43152/AL - RNAAT 96/2018

Circuito Pedestre 

Estamos a construir um Circuito Pedestre circular de 2 Km no Monte da Fonte Santa para que os nossos hóspedes possam disfrutar da Natureza e fazer exercício sem saírem da propriedade.

Este Circuito permite também conhecer a nossa Tradicional Quinta Alentejana, os seus animais e culturas. Num futuro próximo vamos acrescentar códigos QR às baias sinalizadoras. Desta maneira os visitantes vão poder conhecer, ao longo do caminho, vários Segredos do nosso Alentejo Raiano:  o Deus  Endovélico, o Jogo do Alquerque, as Qubbas Islâmicas, os Simbolos de Proteção, o Contrabando, o Megalitismo, a Exploração Mineira, a História Militar e muito mais.

O Passeio tem inicio na malhada onde pode observar os nossos pequenos porcos. Se quiser jogue uns trevos que eles adoram.

O percurso segue pela Alameda das Oliveiras centenárias encostadas ao muro de xisto. Continua pelo meio do Montado a paisagem típica feita de Azinheiras sempre à volta do parque dos porcos.

As ovelhas andam soltas pela Quinta lideradas pela mais velha.... a Ovelha Gulosa.

Chegamos ao Ribeiro e continuamos ao longo deste na direção do Monte. Do lado esquerdo encontramos a Ponte da Laranjeira para cruzar o Ribeiro em segurança. Podemos visitar o Charco sempre cheio de vida.

Continuamos o passeio e vamos conhecer os nossos burros, o Cacau e o Girassol. Gostam muito de cenouras que podem colocar nas pequenas manjedouras.

O Passeio continua pela esquerda entre o muro de xisto e o parque dos burros. Vamos caminhando para a direita à volta do parque dos burros se encontrarem bolotas podem jogar que eles bem gostam.

Caminhando sempre pelo ponto mais alto da quinta e na direção da estrada vamos encontrar a Fonte Santa que dá nome à propriedade.

Daqui seguimos na direção da Pérgula onde podemos descansar uma migalhita. No Tanque ao lado da Pérgola encontramos as carpas Koi que podemos alimentar, não são alentejanas mas são muita giras.

Continuamos na direção do Monte passando pela horta onde podem sempre encontrar as culturas da época.

Espero que tenham gostado.